1º de Dezembro: Primeira-dama defende prevenção como melhor caminho para uma geração livre do HIV e SIDA

1a FOTO PRIMEIRA-DAMA

O Lar Nova Esperança no Município da Matola, província de Maputo, acolheu a cerimónia provincial do Dia Mundial de Luta Contra a SIDA, num evento dirigido pela Sua Excelência Isaura Ferrão Nyusi, esposa do Presidente do República.

Discursando na ocasião, Sua Excelência Primeira-dama destacou a importância da prevenção para uma geração livre da epidemia.

“Devemos apostar na prevenção para que as nossas crianças, adolescentes e jovens possam ter oportunidade de contribuir com o seu saber para o desenvolvimento de Moçambique”, apelou.

Sua Excelência Isaura Nyusi mostrou-se também preocupada com casos de estigma e discriminação para com as pessoas vivendo com HIV, que regridem os esforços nacionais do combate a epidemia.

“Todas as forças vivas da sociedade devem unir esforços para combater o estigma e a discriminação, pois podem trazer consequências negativas para os que estão infectados pelo SIDA”, disse.

Durante o evento, houve espaço para o testemunho de crianças acolhidas no Lar Nova Esperança, da Igreja São João Gabriel .

Márcia, de 10 anos de idade, diz que no futuro gostaria de ser uma médica, para ajudar a salvar vidas e cuidar da sua família. Já Jorge de 15 anos, que viu seus pais perderem a vida, devido ao HIV e SIDA, quer ser um agente da polícia da República de Moçambique para manter a ordem e tranquilidades públicas. Este, promeu proteger-se do HIV e SIDA quando inciar a vida sexual.

No Lar Nova Esperança, a esposa do Presidente da República, visitou os sectores de formação vocacional – serralharia, carpintaria, cerâmica e horta. De seguida, vistou uma exposição de diversos actores que trabalham em prol da Resposta Nacional ao HIV e SIDA. E, como forma de incentivar os petizes a apostarem nos estudos, sua excelência Isaura Nysui ofereceu diverso material escolar.

No local, diversas manifestações culturais apresentadas pelo grupo de crianças do Lar Nova Esperança animaram a festa, tendo terminado com um momento de confraternização.

Refira-se que as celebrações contaram com a presença de membros do governo provincial, quadros do MISAU, representantes do CNCS, parceiros de cooperação, sociedade civil entre outros convidados.